Posicionamento Empresas Randon sobre medidas de prevenção para auxiliar no combate ao Covid-19

Ações preventivas para auxiliar no combate à proliferação do Covid-19

20/03/2020

A partir da próxima segunda-feira, 23 de março, as Empresas Randon adotarão regime de férias coletivas de 20 dias para o quadro de funcionários das unidades de negócio instaladas em Caxias do Sul (RS). A medida abrange a Randon Implementos, Randon Veículos, Fras-le, Jost, Master, Suspensys e Castertech. Na mesma data, as unidades da Randon Implementos em Linhares (ES), e na Argentina, além da Fremax, em Joinville (SC), e da Controil, em São Leopoldo (RS), também adotarão a medida. Já nas unidades da Randon Implementos de Chapecó (SC) e Araraquara (SP), as férias coletivas terão início no dia 30 de março. Nas demais unidades das empresas, localizadas em outras regiões, as definições poderão variar conforme a situação local. Banco Randon e Randon Consórcios mantêm regime de home office, já vigente.

As Empresas Randon entendem que o momento é voltado exclusivamente para o cuidado e para o comprometimento com a prevenção da saúde de seus funcionários, familiares e comunidade. Esta medida complementa a série de iniciativas que vêm sendo tomadas pela empresa desde janeiro.

A companhia permanece acompanhando o cenário para seguir com medidas efetivas e na velocidade necessária. Com isso, informações adicionais serão compartilhadas quando houver qualquer alteração. A empresa reforça que contará com plantões e contingente mínimo para situações emergenciais.

VEJA TAMBÉM

5 práticas que podem prolongar a vida útil dos pneus do seu caminhão

Os pneus devem estar em boas condições, pois auxiliam na segurança das viagens

VEJA MAIS

Qual o valor médio do frete praticado hoje no Brasil e como ser mais competitivo?

Fatores como peso, valor do combustível e distância a ser percorrida são considerados

VEJA MAIS

Como montar uma planilha de controle de manutenções e gastos de frota?

Com um sistema de manutenção, é possível planejar ações para reduzir custos

VEJA MAIS